Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Outubro, 2016

A Árvore que Plantei

A Árvore que Plantei

Tal como aquela árvore - Eu sou Faz muito tempo que perto a plantei Tanto cresceu – Como ficou frondosa! Muita sombra deu – Nunca parou Conforto oferecido - Nunca imaginei Que, por ser tão grande, era famosa

NO TEU COLO

Ouço, no teu colo Gritos ocultos Desejos contidos, Orgasmos travados. Sonhos desfeitos Sentidos no teu amar
Tanta emoção! Feridas, ficaram. Golpes profundos, Ainda por sarar: Coisas do coração!
Ouço, no teu colo, Cadencia - Alteração Escuto o respirar, O arfar da emoção. No silencio - Só os dois. Sem palavras!
Bonitos envolvimentos: Enleados no desejo: Orgia dos sentimentos Coisas do coração!

Docarmo
29-05-2012