.

Música de fundo



terça-feira, 9 de dezembro de 2014

A Flor by Patrícia Pinna



Meu amado, a flor linda que desabrochou
Exalou o perfume suave junto a aurora
Descobriu toda a beleza adormecida
E, finalmente, pode sorrir para a vida


Nem mesmo sem ser muito regada
Perdia o viço que a adornava
Fagulhas de felicidade pelos poros
Caule forte, envergava, mas não quebrava

Amado meu, quando a sua raiz apodreceu
Seu aroma transformou-se em odor
E a solidão veio ao encontro da tempestuosa flor?

A jardineira não pode salvar
A delicada e rara espécie
Por mais que zelasse pelo seu amor
Frágil, ela sucumbiu aos venenos que a sufocavam
E a morte era o caminho para o qual a destinava!

                                                        Patrícia Pinna
                                                 Redescobrindo a Alma