.

Música de fundo



domingo, 5 de outubro de 2014

O choro que rasga a alma

Imagem da web

Em choro estou me rasgando
Desfazendo-me dia após dia
Em linhas vou estilhaçando
Cortando tudo em melodia

Neste emaranhado emotivo
Eu te chamo a todo instante
Enquanto no abismo eu vivo
Numa turbulência constante

Destas palavras aqui reunidas
No cabeçalho de sentimentos
Das promessas descumpridas
Que provocaram sofrimentos

Dos muitos casos insatisfeitos
Atirados neste mundo afora
Despeço-me dos maus feitos
Que me torturaram até agora

Agregando valores imensos
A uma raiz justa e descente
Que causam risos intensos
Clareando toda minha mente

Que pede desesperadamente
Por mais paz e compreensões
Pois, necessita urgentemente
De mais amor em suas ações