.

Música de fundo



quinta-feira, 29 de maio de 2014

Infecção urinária pode levar à UTI by Lu Cidreira

Como não sei poetizar, ponho informações úteis a nossa comunidade! Saúde é o que interessa o resto não tem pressa. ( Paulo cintura ) escolinha do Prof. Raimundo.




Quando não tratada adequadamente, a doença pode evoluir para Sepse
A infecção urinária é uma doença muito comum entre as mulheres. Segundo dados da Agencia Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), aproximadamente, 3% das mulheres jovens sofrem com a doença. Entre as adultas o número cresce, cerca de 20%, terão pelo menos, uma infecção urinária na vida.

A infectologista Eliana Bicudo, do Hospital Santa Luzia, em Brasília, explica que a infecção é mais comum na população feminina devido à anatomia do corpo. “A uretra, canal que liga a bexiga ao meio externo, é muito pequena, o que favorece a entrada de bactérias no trato urinário, levando à infecção”, esclarece a especialista.



A doença é silenciosa, o que dificulta o diagnóstico. Além disso, se não for tratada, a infecção urinária pode levar a outras complicações, comprometendo a saúde da pessoa. “A pielonefrite acontece quando infecção urinária acomete o rim, infectando o órgão. Esta doença pode causar dores intensas na região das costas”, alerta a infectologista. 

O que muitos não sabem é que a infecção urinária pode levar o paciente à UTI. Isso porque as bactérias causadoras da patologia podem entrar na corrente sanguínea, evoluindo o quadro da pessoa para Sepse. “Por ser uma doença sistêmica, a Sepse causa a falência cardíaca, que se não tratada na primeira hora pode levar à morte”, ressalta Dra. Eliana.

A infectologista reforça que a Sepse é desenvolvida quando o paciente já apresenta um quadro infeccioso não tratado. “Ao notar problemas urinários, a pessoa já deve procurar um especialista, para que ele comece o tratamento rapidamente e evite as complicações da enfermidade”, indica.

Sintomas como febre, pressão baixa, taquicardia e hipotermia devem ser avaliados com urgência por um médico, pois são características da Sepse. “O paciente com Sepse deve ser encaminhado imediatamente à UTI”, conclui a infectologista.


Fonte: Agencia Nacional de Vigilância Sanitária

Leiam mais sobre dor pélvica no link abaixo:
http://lucidreira.blogspot.com.br/2011/07/saude-da-mulher-dor-pelvica-suas-causas.html
autor do espaço:
Blog do lu cidreira