Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Maio, 2014

Trem Noturno by Expedito Gonçalves Dias (Profex)

A noite é este trem misto.
Pra mim que sou mineiro,
ela é um verdadeiro enigma!...
Às vezes, negra, puro açoite,
outras, eu digo, não é não!
Pode ter rima ou um texto
sem paradigma e desconexo,
ter sexo ou ser pura prosa!

Aniversário da nossa autora a Poetisa Malu Silva

Muitos anos de vida

Infecção urinária pode levar à UTI by Lu Cidreira

Como não sei poetizar, ponho informações úteis a nossa comunidade! Saúde é o que interessa o resto não tem pressa. ( Paulo cintura )escolinha do Prof. Raimundo.



Quando não tratada adequadamente, a doença pode evoluir para Sepse
A infecção urinária é uma doença muito comum entre as mulheres. Segundo dados da Agencia Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), aproximadamente, 3% das mulheres jovens sofrem com a doença. Entre as adultas o número cresce, cerca de 20%, terão pelo menos, uma infecção urinária na vida.

A infectologista Eliana Bicudo, do Hospital Santa Luzia, em Brasília, explica que a infecção é mais comum na população feminina devido à anatomia do corpo. “A uretra, canal que liga a bexiga ao meio externo, é muito pequena, o que favorece a entrada de bactérias no trato urinário, levando à infecção”, esclarece a especialista.

Tu és - Música e poesia...by Malu Silva

Quanto estou contigo uma poesia inquietante e avassaladora invade-me e vai deslizando pelas minhas veias... transportando-se por todo ar.

Sou mulher madura...by Rosa Maria

Sou mulher madura...tarde de Outono e fogo do sol poente
Trago na memória a terra ardente da minha planície dourada Nas mãos tenho a doçura de Maio...seara que já foi semente Trago no sangue raízes profundas...no ventre da terra lavrada

Exílio by Helena Castelli

Minh’alma
tem o estranho hábito
de exilar-se
do meu corpo
quando sente nostalgia.

Rendida Ao Teu Amor by Patricia Pinna

Cativas a mim com olhar penetrante e palavra entoada
Tal qual seda pura, de todas, a  mais preciosa
Como a doce prece ao céu elevada, aroma de lírio, sagrada
Envolvendo-me no profícuo castanho, cor valiosa

Trazes a felicidade num aconchegante abraço
Onde traço o meu caminho de tranquilidade
E a ociosidade gostosa nos cabe como regaço
Numa troca sequencial de amabilidade

O meu anjo, protetor e sedutor apaixonado
É possuidor de sorriso farto e ameno
Feito estrela cintilando no universo pleno
Em majestosa criação de um enlace extasiado

Detalhes participam sendo cúmplices em nossa aventura
Compondo um gracioso adorno natural
Perfumado de magistral ternura
Rendida sou ao teu amor, encanto especial
Salpicado das variadas esfuziantes partículas de vida
Sensação incomparável na magnitude jamais esquecida!


                             Patrícia Pinna

                                 Autora do blog:

  "Redescobrindo a Alma"



Meu Amor Vem de Longe by Hélder Gonçalves

Dos confins da terra!
do principio de tudo,
das alvas manhãs
onde aves livres, voam

Brasil – Portugal & A Máfia das Cebolas (3)

A Saga das Cebolas

Continuação

O casal Corleone decidiu acabar as férias, na Sicilia, um tanto ou quanto inesperadamente. Os seus contactos informaram-no que estava a correr em, João Dourado, região próximo de Irecê, a feira das cebolas. Feira esta, muito importante, nos contactos a estabelecer com os produtores e nos negócios que se conseguiam estabelecer.

Bailarinas...by Malu Silva

Não são somente as pontas dos pés que se equilibram, Nem as saias de tule que rodopiam... Não são apenas as flores de organza a adornar as frágeis cabeças. As bailarinas são irmãs dos anjos... filhas das estrelas... amantes do Sol.

Distante by J.R.Messias

A tua existência, orgânica física, atemporal Move-se por entre  tortuosos pensamentos intensas fantasias de paixão contentamento e fulgor.

Fica Comigo Esta Noite Amor...by Cris Henriques

Hoje vi-te! Foram apenas uns breves instantes, mas vi-te! Eras tu, amor, que estavas ali e o meu coração quase parou ao ver-te. Uma emoção imensa fez uma lágrima do meu olhar cair sem que a pudesse reter.

Aquela cidade by Cássia Torres

Aquela cidade bonita e encantadora Que na paz mais linda me encantou Faz-me homenagear quem me laçou Levando o meu pensamento agora

Rabiscos de Amor...by Malu Silva

Gostava de dormir o sono mais profundo e dentro dele poder descobrir os caminhos das tuas noites. Mergulhar num transe constante e sentir tuas mãos percorrendo meu corpo, teus sussurros beijando minha alma.

São de sangue os meus poemas...by Rosa Maria

Da cor dos meus poemas é o meu sangue...negro como a noite
Que me queima como brasa ...que me rasga a carne em ferida Esse punhal com que me escrevo...aguçado e frio como a morte Nesta ferida tão funda...derramada em cada palavra sem vida

Cenário by Patrícia Pinna

A miserabilidade revestida de ação
Fração de desinteresse e compaixão
Clamor aos céus sem atenção
Existência cambaleante de emoção

Los platos que me regaló mi madre by Helena Castelli

Os pratos que me deu minha mãe
estão já sem brilho e fora de moda.

Angelus by J.R.Messias

Pelas esquinas aleatórias de uma viver alienante, encontro em cruzamentos erráticos angélicas entidades, cuja luz teima

Há tempo by Cássia Torres

Sob Os Pincéis De Picasso by Malu Silva

Não sei o que faço Se cubro a tela de rosa E contorno meu rosto de azul Nestes dias em que me escondo no espaço...

O Sexo e a Sociedade by Hélder Gonçalves

Refletindo


As fases da nossa vida são naturalmente marcadas pelos nossos condicionalismos biologicos, É um facto natural e, ainda bem que é assim já que a nossa condição animal, assim o determina . 
Mas, o que nos distingue é sermos da espécie humana, com

Urbana by Expedito Gonçalves Dias

Pra quem falo no meu silêncio de pedra?
Pra quem peço socorro?
Depois da queda não há ninguém.