.

Música de fundo



quarta-feira, 9 de abril de 2014

Intenso Abandono (by Patrícia Pinna)






Ela fora abandonada por sua imaginação
No meio do caminho insólito, perdição
Num breu de ausentes penetrantes versos
Regressos para uma folha vazia
Onde outrora, a caneta percorria
Com saudosa profusão  e maestria


Nem a beleza da Natureza, sua riqueza
Tampouco a mazela do mundo, sua tristeza
Serviram de refinado banquete
Para a inspiração efervescente

Não havendo qualquer tipo de  comoção
Ela entrou em temido estado de hibernação
Estágio agregador da solidão
Sem voz, sem verbo e canção

Silenciara toda a dor que pudera
Guardara em seu âmago
A fé que um dia tivera
Aprendera a esperar
Por mais uma linda quimera!

               Patrícia Pinna

                Autora do blog "Redescobrindo a Alma"
                 http://redescobrindoaalma.blogspot.com.br/