.

Música de fundo



domingo, 16 de fevereiro de 2014

Mazarade - Fria Manhã...

google.images

Delicadamente abriu as janelas diante da manhã fria. 
Não era primavera, mas podia ver as acácias rosas, enfeitando pérgulas alvas.
O sol dourava-lhe o corpo timidamente e tingia-lhe a alma tão fria quanto a própria manhã.
Porém, Marazade, era princesa dos seus imaginários castelos. 
Ela era a voz e o coração que rabiscavam histórias. 
Ela era a mulher que partia ao INFINITO para tecer aventuras para o seu Rei.

Malu Silva

Nota: Assim como Sherazade, princesa das mil e uma noite, nasceu Marazade, para tecer as histórias dos mil e um dias...