Avançar para o conteúdo principal

Juventude De Plástico O resto é paisagem! - Youth Plastic The rest is scenery!



Faz pouco tempo que um empresário, militante de um partido que sustenta o actual governo, em comício partidário, num discurso dirigido a uma plateia de jovens militantes, proferiu, inflamadamente, que a situação de crise que se vive no país se deve, em parte, aos velhos que chulam os mais novos!!!
Isto não mereceria tanta atenção – já que, um indivíduo que pensa de tal maneira e vomita, bem alto,tal aleivosia, define, logo à partida, o seu caráter como Homem no seu todo – um energúmeno destes, nem merece qualquer destaque!

O mais grave, nesse comício repleto de jovens, foi que, perante tal discurso contra os velhos, mereceu da parte desta juventude de plástico, uma tremenda ovação. Pasme-se!

A sua má formação moral, não lhes permite sequer pensar que, a maior parte deles, deve o seu curso, certamente, à colaboração dos avós quer em terem dado apoio em ficarem com eles em casa, para permitir aos pais trabalharem, como ainda, apoio financeiro, através das suas magras reformas, sacrificando o seu bem estar, para acudirem à família, sem nada em troca a não ser, muitas vezes, a ingratidão.
É por estas razões que se vai formando o caldo onde, as ideologias de extrema direita fermentam e dão lugar a terríveis e acéfalas ditaduras. Não esqueçamos as aberrantes personalidades dos ditadores, Hitler, Staline, Mussolini, Salazar, Franco e tantos outros e os movimentos juvenis, criados por esses monstruosos regimes.
Estes senhores militantes de partidos, ao fim e ao cabo, nem capacidade teem, para qualquer liderança mobilizadora de cariz fascista, valha-nos isso, mas... O que eles pretendem, ao fim e ao cabo, é servirem-se da democracia para criarem habilidosamente fortunas, através de  privilégios que vão adquirindo nos aparelhos do estado.  
O resto é paisagem! 



 Hélder Fernando Docarmo Gonçalves
in: A Matemática Da Sabedoria

Mensagens populares deste blogue

sorridente, calada e persistente.

Era para ser ao contrário dessa fumaça, que assoprada ou mesmo inalada se vai... Era para ser volátil como um passe despercebido de mágica. Era para ser apenas alguns segundos de choro, de lágrimas vazias de alegrias, preenchidas de vis solidões Era para ter sido, mas nunca foi, pois sempre é... Essa dor corrupta, invasora, que desdenha da minha confusão por não compreender, as razões da vida em impor ela em mim, como carrasca sorridente, calada e persistente. Era para ser uma nesga do que passou e dormiu no tempo, mas vejo que é meu presente: Resistente, crítico e decadente.

Ronilda David in ‪#‎AQuânticadaestupidainteligência‬


Do hábito biscoitos d'açúcar

De pedaços de poesias 
Fiz uma nuvem de melodias 
No mundo de suaves revoadas 
Valsando em asas encantadas 

Nas palavras erguendo magias 
Dançando sons em rapsódias 
De paixões fragmentadas e fugidias 
Acolá, chegarei com outras histórias

Nos passos -  Carinho ao aconchegar 
Com doçura que imagina minha mente 
Meus sentidos se elevam  ao prestar 
Em compasso de superação finalmente! 

De Ti em mim sonhos... 
Infinitamente. 

Ronilda David in ‪#‎AQuânticadaestupidainteligência‬













Honradez

Honradez... Tua Manta De Diamantes
Amanheça Para a vida, Para o melhor quetem Respeita a aliança Acredite que adiante O real do que éseu legado Espera...
Amanheça Para a boa vontade de Dar as mãos E o perdão, compartilhar Os sonhos Os sorrisos O pão...
Amanheça E dê avocê, perdão Porque o erro reconhecido É acolhedor para a alegria Da humildade que afasta a tristeza ... E traz a esperança de que... Hoje, vai dar certo!