.

Música de fundo



domingo, 29 de setembro de 2013

ENTRE AS PAREDES DO TEU MUNDO...

Imagem Google


Não sabia o que iria encontrar, mas mesmo assim fui adentrando pelo espaço desconhecido que me seduzia.
Passos indecisos... imprecisos... coração passeando pela boca e os pés flutuando em espumas ardentes.
A cabeça rodava, como um carrossel, fora de controle a cada milímetro conquistado.
Medo e desejo, lado a lado em audaciosa descoberta.
Sem querer transpus-me aos cenários dos teus sentimentos, tão reais e, ao mesmo tempo, profundamente fictícios que pude sentir os aromas, ouvir a música e, por fim, encantar-me com teus jardins, suspensos entre as Babilônias que se construiram em mim.
Transcendi o universo material... ultrapassei a barreira do som.
Voltar já é impossível, pois entre as paredes do teu mundo fiquei perdida e, todos os dias, tateio com mãos plasmáticas a porta de saída que não mais existe.

Malu Silva