.

Música de fundo



quinta-feira, 11 de julho de 2013

MEU AMOR VEM DE LONGE (Declamado)MY LOVE COMES FROM AFAR (retold)




Dos confins da terra!
do principio de tudo,
das alvas manhãs
onde aves livres, voam.
Do Homem que ali encerra,
genuíno, em nudez,povoam.

Meu amor vem de longe:

Do uivar dos lobos ao vento,
em harmonia com outros gritos,
de tudo que por ali prolifera,
na imensidão virginal da Terra,
grandeza sinfónica em movimento,
suprema omnipotência, ali prospera.

Meu amor vem de longe:

Nas suas veias corre a essência
da pureza, do genuíno imaculado
que, em gerações tal sinal foi-lhe dado,
nos gritos dos lobos, do Homem livre
que, ali, o bastão lhes foi prestado
A seguir obra dos Deuses, ficou jurado!

Meu amor vem de longe:

Confronto,com mundo bem diferente
seus valores, raízes – cultura de antanho
Em violento choque, em dor sobrevive
Na luta perene - a limpidez do diamante,
na essência da mãe natureza, seu ditame:
simplicidade da vida e honra flamante!

Meu amor vem de longe.




Autoria e declamação:
Hélder Fernando.D.Gonçalves 

Comentarios no PEAPAZ
Comentário de Arlete Brasil Deretti Fernandes
Helder.
belo poema. Parabéns. Beijos, Arlete.
Comentário de Janete Francisco Sales Yoshinaga 
Este poema é lindo demais!
Ele tem uma força imensa,
em cada parte dele eu vejo
um amor completo, que ultrapassa
as barreiras e o tempo!
Meus parabéns!
Beijos
Comentário de Mônica do S Nunes Pamplona em
Lindissimo mesmo.
A inspiração corre solta nas veias do poeta.
Parabéns.
Bjssss
Comentário de Sílvia Mota
DoCarmo, que poema maravilhoso!
Como é bom dizer/ouvir: "Meu amor vem de longe"...
Parabéns!
Beijossssss