Avançar para o conteúdo principal

Escreveu recentemente no Twitter que é bissexual - Recently wrote on Twitter that is bisexual


Antonia Fontenelle: ‘Não descarto um dia me relacionar com uma mulher’

Resolvi escrever este texto em primeira pessoa justamente por tratar-se desta mulher.

Quem quiser entender isso como um mea-culpa, sinta-se à vontade. O fato é que admito aqui que a minha relação com a Sra. Antonia Fontenelle começou repleta de preconceitos da minha parte e, talvez, recheada de clichês a respeito da classe jornalística da parte dela.Eu me assustei com tamanha ousadia daquela mulher do poderoso diretor Marcos Paulo e achei que tratava-se de mais uma daquelas que o usaram para subir na vida e conseguir um papel na novela das oito. Só que eu quebrei a cara.
Depois de carregar nas tintas em algumas notas e sentir na pele a fúria de uma nordestina arretada, fui aos poucos descobrindo a verdadeira Antonia. Num meio onde quase todo mundo vive de aparências, me assustei com a sinceridade e franqueza desta senhora. Errei, talvez. Mas nada como um dia após o outro.A condição para esta entrevista acontecer foi apenas uma: seja você mesma, sincera e verdadeira. Por isso a coluna de hoje é dedicada a esta mulher admirável que incomoda a muita gente por mostrar-se tão claramente ao público. Impressionem-se com as palavras de Antonia Fontenelle, a capa da ‘Playboy’ deste mês.


Já faz quase um mês que a sua ‘Playboy’ foi lançada. Que balanço você faz?
Foi uma decisão arriscada, porém acertada. Fui muito bem recebida. Faltaram revistas em diversos cantos do Brasil. O povo recebeu uma mulher que deu a volta por cima. Brasileiro simpatiza com histórias de superação. Tenho um histórico de batalhas e não nego as minhas origens.
Qual foi a foto que você mais gostou?
Gostei de muitas, mas a que estou deitada de costas decorando texto está uma coisa de louco.

Leia a reportagem completa no
Publicado por: Ronaldo David
Com informações de: veja
Imagem google       

        Aos amigos e visitantes minhas saudações
Uma boa tarde!
Obrigado pela leitura.

Hélder F.D.Gonçalves 

Mensagens populares deste blogue

Do hábito biscoitos d'açúcar

De pedaços de poesias 
Fiz uma nuvem de melodias 
No mundo de suaves revoadas 
Valsando em asas encantadas 

Nas palavras erguendo magias 
Dançando sons em rapsódias 
De paixões fragmentadas e fugidias 
Acolá, chegarei com outras histórias

Nos passos -  Carinho ao aconchegar 
Com doçura que imagina minha mente 
Meus sentidos se elevam  ao prestar 
Em compasso de superação finalmente! 

De Ti em mim sonhos... 
Infinitamente. 

Ronilda David in ‪#‎AQuânticadaestupidainteligência‬













sorridente, calada e persistente.

Era para ser ao contrário dessa fumaça, que assoprada ou mesmo inalada se vai... Era para ser volátil como um passe despercebido de mágica. Era para ser apenas alguns segundos de choro, de lágrimas vazias de alegrias, preenchidas de vis solidões Era para ter sido, mas nunca foi, pois sempre é... Essa dor corrupta, invasora, que desdenha da minha confusão por não compreender, as razões da vida em impor ela em mim, como carrasca sorridente, calada e persistente. Era para ser uma nesga do que passou e dormiu no tempo, mas vejo que é meu presente: Resistente, crítico e decadente.

Ronilda David in ‪#‎AQuânticadaestupidainteligência‬


O Poema que não consegui escrever

Para Ti, o que podia ser um Poema
Para Ti e por Ti, tento ser poeta. Mas, nessa vã tentativa, tolamente só alcanço voar em asas infinitas,
seguindo para além do eterno, respirando ao som de lágrimas protegidas pela esperança: De mais um abraço apertado e mais um longo e doce beijo Sabe... Gostava de ser Poeta como Tu, somente para ter o poder de falar do meu coração direitinho apontado ao teu, mas a minha tentativa é tão tola - Pois sei que esse meu escrever de poeta nada tem, além de seguir em dor pela constância da madrugada, tecendo dentro do meu coração o mais perfeito da tua alma amada num receio de perder o fio do que em mim parece ser inteligência.
Porque amando-te meu Anjo, eu...queria ser poeta singela como as flores, Cálida como o amanhecer, terna como o teu sorriso. Porém terei de enfrentar a dura realidade aceitando contente, como uma pobre agradecida, a escassa esmola em aqui, ficar - Sentindo-te, olhando-te  apaixonada, entregue ao deleite do encanto e à saudade que sempre mo…