O dia da lucidez by Hélder Gonçalves



Hoje é o dia em que o sonho morre:
porque é o dia da  grande lucidez,
em que eu vejo o mundo como ele é:
a verdade ressalta,nua e crua ocorre,
e devolve o despertar da embriaguez.
No peito a dor aperta e sufoca até!
Hoje é o dia em que dou conta e vejo,
dos sorrisos que reparo em volta
Alguns amigos dos abraços recebidos
Se transformam no que não prevejo
Falsidades,invejas, tantas que revolta
não dei conta, por não achar merecidos.
Hoje é o dia de o sonho voltar,
quando logo, junto ao teu ombro,
dormir e, assim, tentar esquecer:
do meu peito e da cabeça soltar,
a lucidez - tal como um escombro:
ao sonho dar lugar e  prevalecer.



Hélder Fernando Docarmo Gonçalves
Novembro 2012

..................
imagem google

Mensagens populares deste blogue

SP – Sindicato dos Pobres

Honradez