Medos





Os medos são muitos...
Como o medo de nos soltarmos
de nós próprios.
O medo de assumirmos os ditames
do nosso coração.
Ficarmos expectantes!
Paralisados!
Quando alguém precisa de nós
Até, por vezes...
O medo de sermos felizes,
quando temos para isso de:
Romper amarras e ultrapassar
os muros que nos cercam.
Esses são os habitantes das 
ruas desertas!



Hélder Gonçalves
Maio 2012
Fotografia:Arquivo Pessoal

Mensagens populares deste blogue

SP – Sindicato dos Pobres

Honradez