Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Junho, 2011

Blogger Henrique disse...

Em minha opinião, o romance REFUGIO está bem concebido e estruturado cujo palco decorre no período da década de 50, em pleno regime fascista. Relata a vivência de um jovem e de seus amigos no meio de um clima de opressão política, mas onde não faltam paixões amorosas, alegrias e tristezas. Enfim, um romance que, pelo seu conteúdo, prende o leitor do princípio até ao fim.


Um abraço de parabéns, Hélder
Henrique

Rui Alegrim sobre o Livro O Refúgio

Comentário de Rui Alegrim
Esta é uma história clássica que reflete, na sua autenticidade, uma enorme riqueza da natureza humana! gostei muito de a ler, sem qualquer "cansaço"! Ao autor, que não é escritor, dou - por isso mesmo - um grande abraço de parabéns! Podia ficar por aqui, visto não ser crítico literário, mas - também por isso mesmo - apetece-me dizer mais alguma coisa!... No plano formal, gostei da maneira factual como a narrativa é conduzida: fluente harmoniosa, autêntica, bem encadeada, com uma oportuna articulação com o tronco principal da história, de situações e ambientes retratando aspectos e comportamentos da vida que se vivia na época. Quanto à substância, apreciei, sobretudo, a discreta consagração do lado nobre da natureza humana, despertado inesperadamente, neste caso,por valores superiores - simplicidade, frescura, juventude e, mais tarde, fortalecido pela firmeza de uma personalidade ainda intacta! Despertar esse, a sobrepor-se vitoriosamente a uma situ…

Maria Helena Gonçalves - Análise do Livro - O Refúgio

À terceira será de vez..... O primeiro comentário foi feito no dia em que acabei de ler o teu "Refúgio", não consigo reproduzir aqui as palavras que te deixei, o que te posso afirmar é que foi escrito com bastante emotividade contagiada que me encontrava pela leitura da história. O 2º comentário foi escrito ontem, alguns dias depois de ter concluído a leitura. Com uma certa nostalgia refiz o texto, tentando analisar mais friamente a vivência tida na leitura da obra. Hoje o que me vem à alma continua a ser claro. Sobre a Obra: Considero que o romance está bem escrito, bem estruturado, sendo que o leitor se sente transportado para a época em que se passa a acção. Contagiante do princípio ao fim, impulsionando o leitor a querer ávidamente ler a próxima página. Esta capacidade de prender os leitores à história é só para alguns e nesse aspecto reconheço essa tua formidável capacidade, que considero fantástica dado ser a tua primeira incursão no domínio literário. Considero que o final da…